Cátedra Carlos de Oliveira

Romanisches Seminar - Universität Zürich

THalles fernandes

O autorretrato submerso nas dunas em Finisterra,
de Carlos de Oliveira

Carlos de Oliveira fez da Gândara o seu universo literário, escrevendo-a, descrevendo-a e repovoando-a incessantemente em sua obra. Nesse trabalho caligráfico de Oliveira, percebe-se uma tentativa de inscrição biográfica do autor, como tentativa de suplantar o complexo do iceberg a que todos os escritores marginalizados pelo salazarismo estavam subjugados. Como o gráfico da voz da mãe de Finisterra, a escrita de Oliveira parece fazer de sua própria história um contorno das dunas gandaresas. Partindo das concepções de Jacques Derrida sobre a ruína como autorretrato, e dando sequência à ideia de Rosa Martelo do “autorretrato na paisagem precária” em Carlos de Oliveira, este ensaio pretende realizar uma análise da obra de Carlos de Oliveira, escritor português que completaria seu centenário no presente ano de 2021, com ênfase na obra O Aprendiz de Feiticeiro (1971) e em seu último livro Finisterra: paisagem e povoamento (1978). Em um primeiro momento, pretende-se discutir brevemente as definições de autorretrato e autobiografia em Jacques Derrida e Paul de Man. Posteriormente, recorrendo aos conceitos de reflexão e fragmento de Walter Benjamin, procurar-se-á aplicar essas ideias às obras de Oliveira, associando o trabalho incessante de representação da Gândara, sob a perseguição política do regime salazarista, a uma tentativa de autorrepresentação e resistência através da ruína da paisagem de sua infância.

Thalles Candal é aluno de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Letras Vernáculas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na área de Literaturas Portuguesa e Africanas. Possui graduação em Letras – Português e Literaturas de Língua Portuguesa, concluída em 2019, e é bolsista Nota 10 da FAPERJ. Desenvolve pesquisa sobre o escritor Carlos de Oliveira e seu trabalho revolucionário de linguagem. As suas áreas de interesse académico são Literatura Comparada, Estudos de Linguagem, Semiologia, Ludologia e Literatura Portuguesa do século XX.

Weiter Beitrag

Zurück Beitrag

© 2021 Cátedra Carlos de Oliveira

Thema von Anders Norén