Cátedra Carlos de Oliveira Colóquio virtual

Tobias Brandenberger

A desolação das colmeias: Carlos de Oliveira e Camilo José Cela

Com apenas alguns anos de intervalo são publicados, por autores ibéricos entretanto canónicos, dois romances em cuja conceção desempenha um papel fulcral o simbolismo de uma comunidade organizada em colmeia: La colmena (1951) e Uma abelha na chuva (1953). Tanto Carlos de Oliveira como Camilo José Cela sometem as condições precárias e as relações conflituosas dentro da respetiva sociedade a um olhar crítico através de um discurso narrativo denso e extremamente sugestivo. Numa leitura articulada dos dois textos tentaremos aqui focar coincidências e particularidades relevantes para assim contribuir a uma compreensão mais profunda do seu significado para o contexto literário e histórico do momento.

Tobias Brandenberger é Professor Catedrático de Filologia Românica da Universidade de Göttingen, responsável pela secção de literaturas iberorromânicas e diretor da Cátedra José de Almada Negreiros, instituída pelo Camões I.P. As suas áreas de investigação principais são os gender studies literários, as relações culturais intra-ibéricas e as suas imagologias, e a intermedialidade (música e literatura), tendo focado com preferência as literaturas portuguesa e espanhola da Idade Média e da primeira Idade Moderna, assim como as literaturas ibéricas e ibero-americanas de fins do século XIX e começos do XX.

Weiter Beitrag

Zurück Beitrag

© 2021 Cátedra Carlos de Oliveira Colóquio virtual

Thema von Anders Norén